Pathological Gambling: The Making of a Medical Problem

Descrição

.

.

Autor: Brian Castellani

Although pathological gambling has been a field of study and treatment for over forty years, its story has remained unwritten. That is until now. Brian Castellani is the first to write a book on its history and its medicalization. Drawing on five years of research, Castellani integrates the perspectives of Michael Foucault and Anselm Strauss to provide a unique view into the history of pathological gambling. He also combines rich descriptions of court cases and historical documents along with his own clinical experiences and first-hand accounts from gamblers and their families. Together, these stories – which range from the gambling industry and treatment to the government and research – tell us how pathological gambling became a major social problem in the United States, how it was made into a medical disorder, and the impact its legalization and medicalization have had on our current society and gambling culture.


 Fonte: amazon             Ver outros títulos … aqui

                                                                                                                         

OBSERVATÓRIO

.

.

JOGO EXCESSIVO

Em boa hora enviámos para a Comissão Europeia o entendimento  que norteia o nosso trabalho desde 2004

  Entendemos que  devem  ser elaborados  estudos em  prestigiadas  universidades, em  cooperação com operadores e reguladores, recorrendo às bases de registos dos jogos na internet para estudar com precisão os comportamentos e os hábitos dos jogadores. Os resultados destes estudos podem proporcionar uma base empírica à  comunidade científica  internacional na área  da investigação em comportamentos de dependência 

Entendemos que devem ser lançadas campanhas maciças de educação, através de diversos canais de comunicação, com o objectivo de chegar efectivamente a toda a população, de maneira que esta possa perceber que existe uma verdadeira politica europeia em relação ao jogo e que as condições para um exercício responsável da actividade estão dadas   

A criação de observatórios do jogo que alertem e informem os consumidores sobre as práticas de cada operador poderá ser um incentivo para a implementação de boas práticas nos seus sítios de jogo online. A diferenciação positiva, em relação a uma concorrência pouco ética, poderá traduzir-se num capital de confiança junto dos jogadores.   

Criação de redes de assistência para jogadores compulsivos, começando pelos centros que já estão a trabalhar no tratamento das ludopatias. Esses centros deverão funcionar sobre uma plataforma tecnológica adequada que permita o intercâmbio de experiências, a actualização de conhecimentos e a colaboração mútua.

Comissão Europeia

Parlamento Europeu

 Parlamento Europeu

DESDE 2004
EDUCAÇÃO/PREVENÇÃO
O programa Jogo Responsável deverá contribuir para assegurar a protecção dos indivíduos, e da sociedade em geral, das consequências negativas do jogo e apostas a dinheiro e simultaneamente proteger o direito de quem pretende jogar.

Visite os nossos sítios:

         

Related Posts

Leave A Response