Sobre os operadores responsáveis e a Informação disponibilizada

LIVRO VERDE

Em Portugal, para além das  entidades  com interesses directamente ligados à exploração dos jogos de fortuna ou azar, fomos os únicos que demos um contributo para a consulta pública efectuada pela Comissão Europeia no âmbito do Livro Verde sobre o jogo em linha no mercado interno. Continuamos a prestar a informação que monitorizamos no nosso observatório e que consideramos relevante à luz do conhecimento mais recente. Estamos a desenvolver um projecto europeu, sobre jogo responsável, que trará ao conhecimento público o que objectivamente cada operador de jogo faz no âmbito  da responsabilidade social corporativa. Para tal, em devido tempo, registámos o domínio EU: www.responsiblegambling.eu 

.

Questões Frequentes

.

.

Os Operadores Responsáveis e a Informação Disponibilizada

”Pela primeira vez, os estudos conduzidos em cooperação com a bwin utilizam os registos precisos dos jogos de fortuna e azar no computador via Internet para estudar o jogo actual, em vez de recorrerem ao que as pessoas se lembravam ou estavam dispostas a dizer.”

Howard J. Shaffer, Ph.D., Professor Associado, Harvard Medical School;
Director do Division on Addictions, The Cambridge Health Alliance

 

Qual a importância de prestar informação sobre as regras dos jogos?

Que informações deverão ser prestadas pelos operadores para que os seus clientes possam formar uma imagem realista das suas possibilidades de ganho?

Qual o objectivo das versões demo?

Como poderão os principiantes avaliar a complexidade do jogo que pretendem jogar?

 Como deverão os operadores estruturar o material de informação?

Quais as impressões que os operadores não devem transmitir aos jogadores?

Consultas, Fontes e Referências:

Division on Addictions (DOA – Departamento de Dependências) da Harvard Medical School: Resultado de uma mudança de paradigma: Novas formas de análise científica dos jogos de fortuna e de azar online: Consequências para a pesquisa no âmbito das dependências e do jogo responsável

bwin Interactive Entertainment AG – Conceito Social
Dixon (2000): Dixon, M. R. (2000). Manipulating the illusion of control: Variations in gambling as a function of percieved control over chance outcomes. Psychological Record, 50, 705-719.

(Ladouceur & Sevigny, 2005): Ladouceur, R.; & Sevigny, S. (2005) Structural characteristics of video lotteries: Effect of a stopping device on illusion of control and gambling persistence. Journal of Gambling Studies, 21, 117-131.

(Cote et al., 2003): Cote, D.; Caron, A.; Aubert, J.; Desrochers, V.; & Ladouceur, R. (2003). Near wins prolong gambling on a video lottery terminal. Journal of Gambling Studies, 19, 433-438.

                                                                                                                         

OBSERVATÓRIO

 .

.

JOGO EXCESSIVO

O jogo excessivo não se limita à perda de dinheiro – tem a ver também com a forma como pode afectar toda a vida da pessoa.

Em boa hora enviámos para a Comissão Europeia o entendimento que norteia o nosso trabalho desde 2004

Entendemos que  devem  ser elaborados  estudos em  prestigiadas  universidades, em  cooperação com operadores e reguladores, recorrendo às bases de registos dos jogos na internet para estudar com precisão os comportamentos e os hábitos dos jogadores. Os resultados destes estudos podem proporcionar uma base empírica à  comunidade científica  internacional na área  da investigação em comportamentos de dependência 

Entendemos que devem ser lançadas campanhas maciças de educação, através de diversos canais de comunicação, com o objectivo de  chegar efectivamente a toda a população, de maneira que esta possa perceber que existe uma verdadeira politica europeia em relação ao jogo e que as condições para um exercício responsável da actividade estão dadas   

Sublinhamos a necessidade de criar observatórios do jogo que alertem e informem os consumidores sobre as práticas de cada operador.  Estes observatórios poderão  ser um incentivo para a implementação de boas práticas nos seus sítios de jogo online. A diferenciação positiva. A transparência dos operadores poderá traduzir-se num capital de confiança junto dos jogadores.

Entendemos que deverão ser criadas  redes de assistência para jogadores compulsivos, começando pelos centros que já estão a trabalhar no tratamento das adições. Esses centros deverão funcionar sobre uma plataforma tecnológica adequada que permita o intercâmbio de experiências, a actualização de conhecimentos e a colaboração mútua.

Parlamento Europeu
15 de Novembro de 2011

DESDE 2004
EDUCAÇÃO/PREVENÇÃO
O programa Jogo Responsável deverá contribuir para assegurar a protecção dos indivíduos, e da sociedade em geral, das consequências negativas do jogo e apostas a dinheiro e simultaneamente proteger o direito de quem pretende jogar.

Visite os nossos sítios:

         

 

 

Related Posts

Leave A Response